Câmara instala comedouro para animais respeitando lei de Jean Corauci

A Câmara Municipal de Ribeirão Preto instalou o primeiro comedouro e bebedouro para animais, conforme especifica a Lei nº 14012/2017 de autoria do vereador Jean Corauci. 

Com o interesse em oferecer condições dignas aos animais de rua, a lei incentiva o poder público a firmar parcerias com a iniciativa privada, objetivando viabilizar a instalação de recipientes plásticos ou de madeira em áreas públicas para alimentação e hidratação de cães e gatos de rua em nosso município.

A lei aprovada e sancionada pela Câmara, está em vigor, após a justiça julgá-la constitucional.

A Câmara, através do vereador Jean Corauci, é pioneira na instalação desses recipientes para cães e gatos.

“A proposta é buscar que animais de ruas tenham uma vida mais saudável, evitando a desnutrição e aumentando a imunidade desses animais. É uma atitude de baixo custo com grande retorno”, esclareceu Jean Corauci.



Mais

Foi instalada na manhã desta quinta-feira, 20 de dezembro, a Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar irregularidades nos serviços executados pela operação tapa-buracos em Ribeirão Preto. Participaram os vereadores membros Alessandro Maraca (MDB), presidente, Jean Corauci, Orlando Pesoti e Paulo Modas (PROS).

A proposta de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito surgiu a partir da apresentação de um projeto de lei que institui normas técnicas para a execução desse serviço. 

Os vereadores informaram que a discussão terá abrangência também para as questões de recapeamento e levantamento de dados referentes aos investimentos já realizados. Foram divulgadas ações a serem realizadas pelo grupo de trabalho, incluindo oitivas com o superintendente do Daerp, que deverá apontar através de dados os resultados que as normas técnicas propiciaram ao município; além do depoimento do secretário municipal de Infraestrutura, profissionais de engenharia e diligências periódicas.  

Mais

FRALDÁRIO PARA NOSSAS CRIANÇAS

Agora em nossa cidade os shoppings e estabelecimentos similares deverão instalar fraldários acessíveis para frequentadores femininos e, inclusive, em banheiros masculinos.

A foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira, 18. O projeto, de autoria do vereador Jean Corauci, foi aprovado com unanimidade pelo plenário da Câmara na sessão do dia 22 de novembro.

De acordo com o texto, estabelecimentos que apresentem grande fluxo de pessoas, com condomínio de lojas e infraestrutura de banheiros de utilização pública, como os shopping centers, serão obrigados a instalarem, ou adaptarem, fraldários, segundo a nova lei.

Eles deverão ser colocados em locais reservados, próximos aos banheiros, e serão de livre acesso para usuários de ambos os sexos. Quando não houver lugar reservado, o fraldário deverá ser instalado dentro dos banheiros femininos e masculinos.

Os estabelecimentos terão seis meses, a partir desta terça-feira, 18, para se adaptarem à nova lei.

Mais