TRANSTORNO NO PLANALTO VERDE

No bairro Planalto Verde, os moradores se dizem desrespeitados pelo Poder Público.

São vários problemas: terreno abandonado, falta de rede para escoamento de água da chuva e falta de duplicação de avenida.

A pedido dos moradores, também estou cobrando da prefeitura melhorias para aquela região, como a construção de um parque linear.

           

Mais

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO ELETRÔNICO É DESTAQUE

O vereador Jean Corauci (PDT) quer criar o Orçamento Participativo Eletrônico em Ribeirão Preto. O projeto de lei deveria ser votado nesta terça- feira, 16 de abril, mas, a pedido do autor, foi retirado para que a discussão sobre o tema seja ampliada – com a greve dos servidores municipais e a maciça participação da categoria no plenário, a proposta pode- ria perder a importância que o parlamentar acredita ter.

Segundo o projeto, o Orçamento Participativo Eletrônico deverá ser implantado na administração direta e indireta e tem como finalidade contribuir para uma maior participação dos cidadãos nas decisões do poder público. Estabelece a colaboração da sociedade civil na decisão sobre a destinação de parte dos recursos disponíveis no Orçamento Municipal.

Entre as metas está o incentivo ao diálogo entre o governo e a sociedade civil, a busca de soluções para os problemas locais, o estimulo à participação social, a contribuição para o desenvolvi- mento local e possibilitar aos cidadãos indicar as suas de- mandas mais imediatas.

Estabelece ainda que Orça- mento Participativo Eletrônico terá um ciclo anual composto pela divulgação para a população, estipulação do prazo para a apresentação de propostas, análise técnica, divulgação das consideradas tecnicamente aptas, anúncio público dos projetos vencedores e execução. As propostas poderão ser apresentadas pelos munícipes por via eletrônica ou por meio de entrega de documento escrito ou digital, mediante protocolo na prefeitura de Ri- beirão Preto. Os participantes devem anexar à proposta elementos cujo conteúdo sirvam de apoio à sua análise, notada- mente fotografias ou mapas da localização, constando a descrição legível da proposta.

Segundo Jean Corauci, a intenção é estimular a participação popular no debate sobre os destinos dos recursos públicos municipais. “A proposta prevê que a administração direta e indireta disponha de um montante a ser investido na- quilo que for deliberado pelos próprios moradores de nossa cidade. Também dará a oportunidade da população definir o destino de uma parte do orçamento municipal”, garante.

Na prática, o projeto é semelhante aos extintos “Orça- mento Participativo”, do governo de Antonio Palocci Filho (então no PT), e do “Governo nos Bairros”, implantado na administração da ex-prefeita Dárcy Vera (sem partido). Na época, eram realizadas plenárias em várias regiões da cidade em que a população definia as obras a serem executadas.

A proposta funcionou durante dois anos, mas acabou sendo extinta pelo então governo municipal sob a argumentação de falta de recursos financeiros. A diferença do atual projeto é que desta vez quem está propondo é o Legislativo e em vez de reuniões, a ideia é que as pessoas apresentem as propostas via internet.

Mais

ABANDONO NO HEITOR HIGON

Na avenida Maestro Alfredo Pires, bairro Heitor Rigon, em frente à Paróquia Nossa Senhora dos Anjos, a situação está complicada, com asfaltamento parcial após serviço de tubulação. Além de buracos nas vias em todo o bairro, mato alto e entulhos, há também uma Base Comunitária de Apoio desativada.

A prefeitura esqueceu a cidade, disse que abriu licitação pra resolver o problema e nada até agora. Por isso estamos pedindo a presença dos secretários de governo pra tomar providências. Vamos continuar a luta pra colocarmos a casa em ordem. Já passou da hora Prefeitura!!!

 

Mais

ATIVIDADE NOS BAIRROS

Nas últimas duas semanas o vereador Jean Corauci, realizou visitas a bairros da Zona Oeste e Norte da cidade. Durante a atividade parlamentar foram verificados e encaminhados à prefeitura problemas de infraestrutura, manutenção e zeladoria em áreas importantes de Ribeirão Preto.

Na avenida Maestro Alfredo Pires, bairro Heitor Rigon, em frente à Paróquia Nossa Senhora dos Anjos, a situação está complicada, com asfaltamento parcial após serviço de tubulação. Além de buracos nas vias em todo o bairro, mato alto e entulhos, há também uma Base Comunitária de Apoio desativada. 

"Uma base antiga que poderia ser utilizada para cursos de jovens e atividades para idosos. Um centro que proporcionaria à população qualidade de vida e interação, por isso vamos acionar a prefeitura e buscar a reativação", disse o parlamentar. 

Na avenida Antônio e Helena Zerrenner, que liga os bairros Vila Tibério e Sumarezinho, as fortes chuvas causaram estragos no cruzamento com a rua São Salvador. Parte do canteiro de contenção do rio cedeu. Desde o natal os cavaletes 'enfeitam' a avenida, e o risco de desastres com pedestres e veículos pesados é iminente.

"A prefeitura esqueceu a cidade, disse que abriu licitação pra resolver o problema e nada até agora. Por isso estamos pedindo a presença dos secretários de governo pra tomar providências. Vamos continuar a luta pra colocarmos a casa em ordem", disse Jean.

Já no bairro Orestes Lopes de Camargo, no cruzamento das ruas Nelson Bortoli com Basilio Oriente, os moradores se dizem desrespeitados pelo Poder Público.

"São vários problemas: esgoto a céu aberto, iluminação precária, buracos nas ruas, falta de equipamentos de lazer e lixo por toda parte. Nós nos sentimos lesados porque pagamos em dia nossos impostos", afirma a moradora Elisabete Catani.

Além disso, o bairro conta com uma grande área que poderia ser utilizada como parque pelos moradores, mas está desativada e tornou-se terreno baldio. "No ano passado pedimos algumas melhorias e fomos atendidos parcialmente. O pessoal precisa de um parque urgente porque o bairro é cheio de crianças que brincam em situação de risco nas ruas. Vamos oficiar novamente o executivo por esse povo", concluiu o vereador.

 




Mais

PREFEITURA ABANDONA A VILA TIBÉRIO

O vereador Jean Corauci esteve na última quinta (11/04/2019) pedindo providências para que a Prefeitura De Ribeirão Preto faça as obras na Av. Antônio e Helena Zerrener e por melhorias na zeladoria do bairro.

O muro de canalização caiu desde a vespera de Natal e a Prefeitura até o momento não fez o serviço e não posiciona-se.

O Vereador também constatou a falta de limpeza no bairro, a falta de limpeza em bocas de lobo e a buraqueira por todos os lados.

"Estou contantemente no bairro e vejo a dificuldade dos moradores, venho cobrando por melhorias, inclusive em 2017 pidi a limpeza de uma boca de lobo no antigo poliesportivo do Botafogo e somente na semana passada o serviço foi feito. É uma vergonha a maneira que a Prefeitura tem tratado o bairro." completou o vereador.

O morador e jornalista Fernando Braga diretor do Jornal da Vila Tibério acompanhou o vereador durante a visita.


Mais

MELHORIA NAS ESCOLAS É URGENTE

Todos os dias nos jornais e TVs vemos as escolas municipais de nossa cidade em estado crítico e por muitas vezes sendo assaltadas e até sendo fechada pelo Ministério Público.

Por estes motivos apresentei algumas propostas que agora estão sendo analisadas na Câmara Municipal e irão para as mãos do Prefeito para que sejam colocadas em prática.

A primeira proposta é a criação da CIPA Escolar, que será formada por pais e professores para que possam apontar e formalizar as reais necessidades de cada escola.

A segunda proposta é para que cada escola possa ter dinheiro para essas melhorias, esse dinheiro virá da iniciativa privada que doará um valor para a escola e esse valor será utilizado nas melhorias apontadas pela CIPA Escolar e a empresa terá em contrapartida publicidade na escola e 50% de desconto para seus funcionários em eventos Culturais da cidade como no Theatro Pedro II e no Teatro Municipal.

Para a diminuição dos roubos minha proposta é a criação de uma central de monitoramento com imagens de cada escola, com essa central a Guarda Civil Municipal poderá acionar a PM ou até mesmo a Guarda para evitar o roubo. Uma única câmera em cada escola já inibirá os assaltos, pois ela serve como detector de movimento e irá disparar uma alerta nesta central de monitoramento que ficará na Guarda Civil Municipal.

São medidas baratas e simples para uma melhoria nas escolas de nossa cidade.

Mais

PREFEITURA ABANDO O PQ. DAS FIGUEIRAS


Na tarde desta quarta-feira, 03 de abril, o vereador Jean Corauci esteve na rua Amélia de Oliveira Rosseto, no Parque das Figueiras, Zona Oeste da cidade. A pedido dos moradores, o parlamentar foi verificar a situação do asfalto na região. Renata Torrieri mora há 11 anos no bairro e já apresentou diversos documentos onde solicita o serviço de recapeamento à prefeitura, mas não obteve solução.

"Situação lamentável. Já fizemos requerimentos, já solicitamos por telefone e nada. Estou batalhando há 4 anos e ninguém toma providências. Já troquei o pneu do carro, as pedras espirram a todo momento e o recapeamento tem que ser feito com urgência. Nós pagamos nossos impostos aqui no Parque das Figueiras e não aceitamos esse descaso", afirma. 

Jean pontuou outras necessidades do bairro no setor de limpeza e manutenção, reafirmou a urgência em solucionar as demandas e se comprometeu a retornar para nova fiscalização.

"Está uma vergonha a situação por aqui. São vários problemas além dos buracos nas ruas. O povo sofre com a falta de segurança, falta de galerias pluviais e galhos por toda a parte. Vamos acionar o Poder Executivo e cobrar soluções imediatas", disse o parlamentar.






















Mais

SAÚDE DE RIBEIRÃO ABANDONADA


Na última terça subi à Tribuna da Câmara Municipal para mostrar um pouco do abandono da saúde de nossa cidade. Falei sobre a retirada da equipe de transplantes do HC, o que é uma vergonha para nossa cidade, falei também sobre a falta de medicamentos, em especial de um medicamento que desde 2015 falta na rede pública municipal, o que é uma completa falta de gestão, falei também do abandono dos postos e para surpresa a Prefeitura de Ribeirão Preto trouxe uma resposta inútil, para terminar também falei do fechamento antecipado do posto de saúde da Vila Albertina, o que mostra uma completa falta de sensibilidade com a população. Continuarei lutando e trabalhando duro pela saúde das pessoas de nossa cidade.

Mais