Select Menu

Fique Sabendo

Lorem 1

Technology

Circle Gallery

Shooting

Racing

News

Lorem 4

» » Câmara discute verba COVID em reunião com deputados estaduais


Os vereadores da Câmara Municipal receberam na tarde desta quarta-feira, 12 de agosto, deputados estaduais que fazem parte do grupo de Parlamentares em Defesa do Orçamento – PDO.


A visita técnica que teve como intuito fiscalizar e avaliar as verbas recebidas pelo Executivo Municipal destinadas ao combate da COVID-19 no período de calamidade pública, foi conduzida pelo presidente da Câmara, Lincoln Fernandes (PDT). E a formação da Mesa teve o idealizador da reunião, vereador Luciano Mega (PDT), os deputados Márcio Nakashima (PDT) e Sargento Neri A(VANTE).

O PDO tem como objetivo fiscalizar os contratos da gestão pública estadual e municipal. Sua formação conta com os deputados Sargento Neri, Leticia Aguiar, Adriana Borgo, Ed Thomas, Coronel Nishikawa, Tenente Coimbra, Marcio Nakashima, Coronel Telhada, Conte Lopes e Edna Macedo.

Foi entregue a todos os presentes relatório de toda verba que o município de Ribeirão Preto recebeu e ainda irá receber para o combate do COVID-19. Até o momento a receita está em torno de R$78.000.000,00, e foi lembrado por Lincoln que a cidade está sendo alvo de muitos questionamentos quanto à gestão do uso da verba COVID-19.

Foram apontadas por Mega algumas falhas que existiram inicialmente no combate à pandemia, levando a cidade a permanecer por um longo período na faixa vermelha. A aglomeração em ônibus, a falta de orientação no uso de máscaras, o aumento de leitos COVID, foram apontados como atitudes que vieram tardias no município. Também foi lembrado pelo vereador que desse montante que a prefeitura recebeu, foram destinados R$3.000.000,00 da Câmara Municipal assim como verba da Justiça Federal e Estadual, e este recurso poderia ter sido utilizado em compra de leitos em hospitais particulares.

O contrato das ambulâncias que está sendo investigado, foi exposto pelo presidente da CPI das ambulâncias, Orlando Pesoti, e afirmou que será enviado o relatório de toda investigação até o momento.

Ainda sobre as ambulâncias, Lincoln lembrou que o contrato está vencendo hoje e não existe interesse de renovação, o que causa estranheza pelo contrato ter sido celebrado quando não havia necessidade, e no momento, onde os casos são crescentes sendo indispensável o serviço, a prefeitura não mostra interesse.

Foram abordados outros pontos falhos no combate ao vírus. As cestas básicas não adquiridas pelo governo municipal, a falta de algumas medicações que tratam doenças secundárias do vírus, a desvalorização dos servidores que trabalham na linha de frente, a alocação de servidores municipais para o Hospital das Clínicas, perda de insalubridade de alguns funcionários do Hospital das Clínicas, servidores acima de 60 anos que estão na linha de frente.


Os deputados explicaram que a intenção é o combate ao mau uso da verba pública e corrupção. Todos os dados foram recolhidos e serão analisados para posteriormente, se necessário for, serão encaminhados ao Ministério Público e Tribunal de Constas do Estado de São Paulo.

Participaram da reunião os vereadores Lincoln Fernandes, Luciano Mega, Alessandro Maraca (MDB), Jean Corauci (PDT), Orlando Pesoti (PDT) e Paulo Modas (PSL), representantes da OAB, Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, e Associação dos Servidores do Hospital das Clínicas. Os vereadores Gláucia Berenice (DEM) e França (PSB) acompanharam remotamente.

Sobre Jean Corauci

Nascido em Ribeirão Preto, é graduado em Análise de Sistemas e Pós Graduado em Administração de Empresas e está em seu primeiro mandato. Um dos vereadores mais atuantes na legislatura 2017/2020.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Deixe uma Mensagem